PI 055 - ASSEMBLEIA - DOURADOS ONLINE

Grupo de Cez√°rio desviou mais de R$ 6 milhões da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul, diz Gaeco

Gaeco também identificou esquema de desvio de diárias dos hotéis pagos pelo Estado para jogos do estadual

Por Gabriel Maymone em 21/05/2024 às 11:23:54
Dinheiro apreendido durante busca e apreensão na manhã desta terça-feira (Divulgação, Gaeco)

Dinheiro apreendido durante busca e apreensão na manhã desta terça-feira (Divulgação, Gaeco)

Operação Cartão Vermelho, deflagrada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) na manhã desta terça-feira (21), identificou desvios de mais de R$ 6 milhões.

Conforme informações do Gaeco, o grupo liderado por Francisco Cez√°rio realizava pequenos saques de até R$ 5 mil para não chamar atenção dos órgãos de controle. De setembro de 2018 a fevereiro de 2023, foram identificados desvios que superaram os R$ 6 milhões.

Somente durante o cumprimento dos mandados nesta terça-feira foram apreendidos mais de R$ 800 mil, inclusive em notas de dólar. Revólver e munições também foram apreendidos.

Os valores eram distribuídos entre os integrantes da organização criminosa. O esquema se estendia também a outras empresas que recebiam altas quantias da federação. Assim, parte dos valores eram devolvidos por fora ao grupo.

Equipes do Gaeco em frente à FFMS (Alicce Rodrigues, Jornal Midiamax)

A organização criminosa também possuía um esquema de desvio de di√°rias dos hotéis pagos pelo Estado de MS em jogos do Campeonato Estadual de Futebol.

Operação Cartão Vermelho

Dinheiro apreendido durante cumprimento de mandado pelo Gaeco (Divulgação, Gaeco)

Equipes do Gaeco cumpriram 7 mandados de prisão preventiva, além de 14 mandados de busca e apreensão em Campo Grande, Dourados e Tr√™s Lagoas.

Conforme o Gaeco, o nome da operação faz alusão ao instrumento utilizado pelos √°rbitros para expulsar os jogadores que cometem faltas graves durante as partidas de futebol.

Fonte: Midiamax

Comunicar erro

Coment√°rios