PI 14692 - GOV - DOURADOS ONLINE

Helicóptero do Governo que caiu com quatro militares ser√° periciado pelo Cenipa

Aeronave caiu nas proximidades do Aeroporto Santa Maria no fim da manhã desta quinta-feira (18)

Por Aline Machado , Lívia Bezerra em 18/04/2024 às 18:09:43
(Alicce Rodrigues, Midiamax)

(Alicce Rodrigues, Midiamax)

Helicóptero da Casa Militar de Mato Grosso do Sul que caiu no fim da manhã desta quinta-feira (18), nas proximidades do Aeroporto Santa Maria, em Campo Grande, ser√° periciado pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeron√°uticos).

A delegada Ana Cl√°udia Medina, do Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado), informou que o Cenipa estar√° no local onde ocorreu a queda a partir desta sexta-feira (19) para realizar os trabalhos de perícia, j√° iniciados nesta quinta (18).

Conforme nota oficial do Governo do Estado, o helicóptero estava com quatro servidores, sendo dois pilotos e dois tripulantes e apenas um deles teria sofrido ferimentos leves. Estavam a bordo: dois coronéis – que pilotavam o helicóptero –, um sargento e um subtenente da Casa Militar.

O Jornal Midiamax apurou que um dos coronéis que estava a bordo da aeronave teria sido socorrido com lesão na coluna.

Delegada Ana Cl√°udia Medina, do Dracco. (Foto: Ana Laura Menegat, Midiamax)

A delegada também afirmou que o acidente foi grave, confirmou a pane no motor, mas ainda é precoce confirmar as causas.

"Nós recebemos relato do comandante de que faziam voo de rotina da unidade que opera a aeronave e que teve uma pane de motor. E para preservar vidas, ele entrou em pouso de emerg√™ncia, denominado alta rotação e conseguiu trazer a aeronave ao solo sem maiores consequ√™ncias", explicou.

A aeronave sofreu uma pane no motor e pilonou – quando a aeronave colide a parte frontal no solo e "capota'. Ela realizava voo semanal de giro, realizado para preservação do equipamento, e estava h√° 20 minutos no ar, quando sofreu a pane.

"Precisamos aguardar o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeron√°uticos para que depois conclua os trabalhos da polícia judici√°ria", acrescentou.

A aeronave, um Jet Ranger, era do supertraficante Ramirez Abadía. Após operação da PF (Polícia Federal) para apreend√™-la, ela foi doada em 2013 ao Governo de Mato Grosso do Sul para combater o crime.

Ainda segundo a delegada do Dracco, o helicóptero não consta como transferido, atualmente ele est√° apenas sob cautela do Estado de MS.

Além do Dracco, equipes da Polícia Civil estiveram no local, assim como socorristas do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urg√™ncia).

Fonte: Midiamax

Comunicar erro

Coment√°rios