PI 1857 - GOVERNO - DOURADOS ONLINE

Rapaz executado com 4 tiros era dono de depósito de drogas e jĂĄ foi preso com arma em casa

Vitor chegou a dar entrada na unidade de saĂșde de Jardim, mas precisou ser transferido para a Santa Casa de Campo grande, porĂ©m, morreu no trajeto

Por Luiz Guilherme em 16/11/2023 às 11:27:46
Casa onde Dorly e Vitor foram assassinados; Foto: Jardim MS News

Casa onde Dorly e Vitor foram assassinados; Foto: Jardim MS News

Dorly Ferreira Azevedo, de 22 anos, que foi executado com quatro tiros na noite de quarta-feira (15/11), em Jardim, era dono de um depósito de drogas e em 2020 havia sido preso com arma em casa. Na ocasião, o seu irmão também foi detido.

Conforme a polícia, em dezembro do referido ano, os policiais descobriram que Dorly, que morava com uma adolescente, mantinha em sua residĂȘncia uma "boca de fumo". Na época de sua prisão, os policiais ainda encontraram uma espingarda modificada.

No celular de Dorly foram encontradas vĂĄrias mensagens das negociações de drogas, "tem um pĂĄ salva?", outra mensagem trazia, "eu quero vinte de brau, vocĂȘ tem?".

Como noticiado mais cedo, Dorly foi executado com quatro tiros, sendo dois nas costas, um no ombro e outro nas mãos. Com ele, outro rapaz, também de 22 anos, e identificado como Lima Prates, foi assassinado com seis disparos.

Vitor chegou a dar entrada na unidade de saúde de Jardim, mas precisou ser transferido para a Santa Casa de Campo grande, porém, morreu no trajeto.

Os autores, que chegaram à residĂȘncia que seria de Vitor, na Vila Angélica, ainda são procurados pela Polícia Militar.

Fonte: Ligado na NotĂ­cia

Comunicar erro

ComentĂĄrios