Com objetivos bem diferentes, São Paulo e Palmeiras se enfrentam no Morumbi

Com objetivos bem diferentes, São Paulo e Palmeiras se enfrentam no Morumbi

Com o calendário do futebol encavalado por conta da pandemia do coronavírus, sobrou para esta sexta-feira, às 21h30, no Morumbi, a disputa do clássico entre São Paulo e Palmeiras, em jogo atrasado da 34.ª rodada do Brasileirão. Para os mandantes, a partida será mais uma na tentativa de reestruturação da equipe para a temporada 2021, na qual terá o argentino Hernán Crespo como treinador - ele assistirá o jogo dos camarotes do estádio. Já para os visitantes, o duelo servirá como preparação para a disputa do título da Copa do Brasil.

Quarto colocado no Campeonato Brasileiro com 62 pontos, sete abaixo do líder Internacional, o São Paulo ainda tem chances de terminar o torneio com a taça de campeão. Para isso, além de vencer o Palmeiras, precisará também dos três pontos contra Botafogo e Flamengo, suas últimas duas partidas, além de torcer por uma combinação de resultados.

Para a partida, o interino Marcos Vizolli terá à disposição o lateral-direito Juanfran, o meia Igor Gomes e o atacante Pablo, que estavam suspensos e não jogaram contra o Grêmio. Gabriel Sara, com lesão na coxa, ainda é dúvida. Igor Vinícius está fora - ele cumprirá suspensão automática por ter recebido o terceiro cartão amarelo.

Com apenas 1% de probabilidade de título, o time já negocia a chegada de reforços e quer definir quem fica no elenco para a temporada. O primeiro a chegar foi Bruno Rodrigues, atacante que estava na Ponte Preta, que só vai estrear pelo novo clube no Paulistão.

Crespo já trabalha e iniciou sua avaliação do elenco. Para o jogo desta sexta, Vizolli seguirá como treinador de campo, enquanto o argentino finaliza processos burocráticos para ser liberado a exercer sua profissão. Deve estrear só no Paulistão.

Do outro lado do clássico, o Palmeiras segue com a sua insana maratona. O time, que no domingo enfrentou o Fortaleza e quarta encarou o Coritiba, tem pela frente o São Paulo nesta sexta, o Atlético-GO segunda-feira e o Atlético-MG na próxima quinta, terminando assim a disputa do Brasileirão. No domingo seguinte, dia 28, vai a Porto Alegre para jogar a primeira decisão da Copa do Brasil, contra o Grêmio.

Depois de jogar com times mistos nos últimos dois compromissos, o técnico Abel Ferreira deverá mandar a campo os titulares. "Nossa programação não tem que ser feita jogo a jogo, mas naquilo que é presente e futuro, a Copa do Brasil. Todos os jogos servem de preparação e avaliação de todos, eu e jogadores. Sabemos que é um jogo diferente e especial", disse o português.

Além de Kuscevic, suspenso por ter sido expulso contra o Coritiba, o Palmeiras não terá Gabriel Menino. O meia torceu o tornozelo direito no Paraná e já está em tratamento, de olho nas finais da Copa do Brasil.

Recuperado de uma lesão no joelho esquerdo sofrida em novembro, Wesley treinou sem restrições e pode aparecer no time. "Trabalhei firme nesse período para poder voltar. Foi bem importante, comemorei bastante quando passamos para a fase final porque daria tempo de voltar e participar diretamente do título. Adiou (as finais da Copa do Brasil), melhor ainda, agora vamos pra cima para poder conquistar o título e fechar a temporada com chave de ouro", afirmou o atacante.

ESTADAO CONTEUDO